Dádiva de Bens à Diocese de Tete

Após uma semana triste e dramática para tantos que perderam as suas casas, em consequência da  tempestade tropical Ana,  uma notícia boa para Tete.

Dois contentores de bens que partiram de Fátima no passado mês de novembro chegaram esta semana ao seu destino na Diocese de Tete. Um dos contentores levou material médico e medicamentos e outro com equipamentos, material escolar e de evangelização. A abertura dos contentores não ocorreu logo após a sua chegada, devido aos efeitos mais intensos da tempestade tropical Ana.

O material diverso transportado num dos contentores vai agora ser distribuído pelas comunidades mais necessitadas. Já os medicamentos e material médico foram entregues pela Diocese de Tete diretamente no Hospital Provincial de Tete, o qual fará a distribuição dos bens pelos postos de saúde desta Província cuja superfície é superior à de Portugal. Este material médico e hospitalar é de grande importância no contexto atual, em que faltam medicamentos. Os hospitais e centros de saúde estão sempre numa situação limite, muito difícil, devido à crise económica e tantos outros fatores.

A entrega destes contentores envolveu centenas de pessoas de bom coração. Na impossibilidade da presença do Bispo de Tete,  e Padre Sandro Faedi, seu colaborador na Diocese, escreveu em carta a D. Diamantino: “Chegaram a Tete os contentores com muitos bens que tantos benfeitores de Fátima, de todo o Portugal e amigos da Consolata enviaram para a nossa diocese. Descarregámos os contentores debaixo de chuva, contentíssimos com tantos livros, cadernos, que são as coisas mais importantes que nós podemos agora distribuir nas nossas escolas e internatos. Há muito bem que podemos fazer. E depois há também o missal dominical em língua cinyungwe, que finalmente foi traduzido e impresso com grande esforço dos missionários e do senhor bispo. O missal será distribuído nas paróquias e em todas as comunidades. Há muitos bens que ainda não abrimos, pois foi tudo a correr por causa da chuva provocada pela tempestade tropical Ana. O nosso muito obrigado a todos os benfeitores. Esperamos poder fazer muito bem com estes materiais que acabam de chegar”,

O envio dos contentores foi organizado pelos Missionários da Consolata e pela sua instituição, a Fundação Allamano, Todos estes bens foram doados por laboratórios de medicamentos e de material médico, por associações, particulares, religiosos e empresas de diversos pontos do país como Fátima, Ribeirão, Trofa, Rio Meão, Leiria e São Mamede (Batalha). Depois de terem saído de Fátima, estes bens rumaram até ao Entroncamento, seguindo depois para o porto de Sines e daí até ao porto da Beira, em Moçambique. A deslocação destes bens desde Fátima até ao porto da Beira foi inteiramente doada por empresas transportadoras. O transporte de Beira até Tete foi oferecido pelas Forças Armadas Portuguesas.

O Bispo de Tete, em nome da sua diocese agradece a todos: "Sinto uma alegria grande porque as pessoas de boa vontade têm o coração aberto às necessidades, sobretudo dos mais pobres, e souberam mobilizar-se para reunir todos estes materiais que fazem falta à diocese de Tete e que nos irão ajudar a apoiar outras pessoas. Ben-hajam"

Contentor 1   Contentor 3 Contentor 4 Contentor 2

 


Imprimir   Email