Missa Crismal na Catedral de Tete

MISSA CRISMAL NA CATEDRAL DE TETE

Terça-Feira, 26 de Março, pelas 18.00, na Sé Catedral de Tete, Dom Diamantino Guapo Antunes, presidiu à Santa Missa Crismal.

Concelebraram com o Bispo de Tete a quase totalidade dos 70 sacerdotes, entre diocesanos e missionários, que trabalham na Diocese de Tete.

Houve uma grande participação de fiéis das paróquias da cidade de Tete, entre quais muitos jovens que este ano receberão sacramento do Crisma.

De facto, além da renovação das promessas sacerdotais por parte dos sacerdotes, houve também o ritual da bênção dos óleos dos catecúmenos e dos enfermos e a consagração do óleo do Crisma.

Na homilia, Dom Diamantino Antunes, convidou os católicos de Tete acompanhar e apoiar os sacerdotes, com amizade: "Rezemos juntos por todos, de modo particular por aqueles sacerdotes que vivem com dificuldade e na solidão o seu trabalho pastoral de modo que se sintam ajudados e confortados pela amizade com o Senhor e com os irmãos".

Apelou aos sacerdotes para cuidarem bem dos católicos são confiados à sua cura pastoral; "Se os fiéis católicos têm o dever de cuidar bem dos seus padres, do mesmo modo os padres devem cuidar e respeitar todos os seus paroquianos.

...Meus irmãos sacerdotes não esqueçam quem faz a obra da igreja não somos nós, é o Espírito Santo de Deus. Nós somos apenas canais, aqueles que levam a Palavra de Deus para o povo de Deus para alimentá-lo e fazê-lo crescer".

Como já é habitual, o Bispo de Tete reuniu-se da parte da manhã com os sacerdotes diocesanos de Tete para uma reflexão sobre a importância da comunicação na vida comunitária e foi feita uma avaliação da situação de cada uma das comunidades sacerdotais diocesanas. À tarde reuniu-se com todos os sacerdotes em conselho presbiteral alargado onde foi feita uma avaliação da acção pastoral no primeiro trimestre deste ano pastoral dedicado à missão dos discípulos missionários. 

Missa de Abertura do Ano Escolar na Escola Secundária São José de Boroma

No dia 1 de Março, o Bispo de Tete, presidiu à Missa de abertura do ano escolar na Escola Secundária de São José de Boroma. No pátio da escola, uma das mais antigas de Moçambique, fundada em 1885, equipa missionária, centenas de alunos, encarregados de educação e professores participaram na celebração que foi animada pelo coro da escola.

Dom Diamantino Antunes, na sua homilia, fez memória histórica da escola da Missão de Boroma, evidenciando o seu contributo para a educação e formação da juventude de Tete e de outras províncias de Moçambique. Apelou para que a escola, com o contributo de todos, possam voltar a ter a qualidade de ensino que a caracterizou no passado. Durante a Missa foram entregues prémios aos melhores alunos, professores e funcionário do ano lectivo 2023.

Depois de 2 anos de trabalhos de reabilitação, à custas da Diocese de tete, a escola secundária São José de Boroma tem agora boas condições para acolher os alunos. Foi também equipada de laboratório de fisico-quimica, biblioteca, sala informática, bloco administrativo, etc. Neste ano lectivo, depois da devida reabilitação, foram reabertos os internatos masculino e feminino que estão ao cuidado das Irmãs Sementes do Verbo.

Em seguida, o Bispo de Tete reuniu com os professores e a equipa missionária da Missão de Boroma para tratar assuntos referentes à escola secundária.

Jovens de Diferentes Países da África Austral Reuniram-se na Missão de Boroma

Dos dias 27 de Dezembro a 1 de Janeiro o Santuário de São José de Boroma acolheu o Encontro Internacional do MAGIS, reunindo mais de 100 jovens vindo de diversas regiões de Moçambique, Zimbabwe, Zâmbia, Malawi e África do Sul, que vivem a espiritualidade Jesuíta. MAGIS é um advérbio em latim que significa “mais; maior”. Foi um termo usado inúmeras vezes por Santo Inácio de Loyola, o fundador da Companhia de Jesus, para se referir a uma profunda ligação pessoal com o Deus sempre maior.
O MAGIS é um grupo de jovens que procuram que viver a sua fé segundo a espiritualidade dos Jesuítas, enchendo-se de sentido para descrever o modo de vida de quem vive e serve em tudo para a maior glória de Deus.
Mesmo com uma programação própria, o grupo contou com a presença  da Comunidade da Sementes do Verbo não só no acolhimento, mas também na visita às famílias no povoado de Boroma. Acompanhando o grupo estavam os padres Jesuítas, Padre Peter e Padre Ezequiel, que expressaram  muita gratidão pelo acolhimento e pelo trabalho de restauração da Missão de Boroma, lugar de grande importância para os Jesuítas em Moçambique e na África Austral.

 

 

View the embedded image gallery online at:
https://diocesetete.org/noticias.html#sigProId737c6f47a7

Visita do Bispo de Tete à Paróquia de Chabwalo - Angónia

No último dia do ano, 31 de Dezembro, Dom Diamantino Antunes deslocou-se à Paróquia de São Paulo de Chabwalo, na Angónia, para a celebração da Missa e administração do Sacramento do Crisma. A paróquia já tinha tido no mês de Setembro passado a visita pastoral do Bispo de Tete, mas tendo ficado alguns crismandos sem o sacramento, ele prometeu e voltou no último dia do ano para a celebração do Crisma.

Dom Diamantino Antunes aproveitou a ocasião para falar com a comunidade cristã local sobre o trabalho de construção da nova igreja paroquial no ano 2024. A Paróquia de Chabwalo fica na fronteira com o Malawi e foi fundada em 1970 pelos Padres Jesuítas da Missão de Lifidzi. è formada por 21 comunidades cristãs e é acompanhada pastoralmente pela equipa missionária de Lifidzi.

Abertura da Fazenda da Esperança Feminina de São José de Boroma de Tete

No dia 11 de Agosto foi inaugurada a Fazenda da Esperança Feminina de São José de Boroma, distrito de Marara.

Trata-se da segunda comunidade terapêutica a funcionar na diocese de Tete depois da abertura da Fazenda da Esperança Masculina de Zobuè em 2021.

A Fazenda da Esperança, que celebra este ano 40 anos de existência, é uma comunidade católica que dedica-se à recuperação de jovens da toxicodependência, drogas e outros vícios usando como cura a espiritualidade, convivência e o trabalho.

A bênção da casa da Fazenda da Esperança foi antecedida pela Santa Missa presidida pelo Bispo de Tete, Dom Diamantino Guapo Antunes, e concelebrada por um bom grupo de sacerdotes e participada por muitos fiéis de Boroma e de Tete. Estavam presentes as autoridades da Província, nomeadamente a Secretária de Estado, o Governador, o Administrador de Marara, entre outros.

Destaca-se a participação dos Fundadores da Fazenda do Brasil, Frei Hans e Nelson, que vieram do Brasil onde a Fazenda da Esperança foi fundada em 1983.

Depois da Missa realizou-se a bênção das instalações da Fazenda da Esperança situadas no espaço da antiga residência das Irmãs e no internato feminino da missão.Os edifícios foram reabilitados pela Diocese de Tete com a colaboração da Fazenda da Esperança.

A Província de Tete tem agora uma comunidade terapêutica especializada no acolhimento e recuperação de jovens. A instituição está aberta a todas as pessoas interessadas.Neste momento conta já com um primeiro grupo de recuperandas, uma das quais deu um comovente testemunho sobre a sua recuperação no final da Santa Missa.  

Boroma fazenda 6  Boroma fazenda 2 Boroma fazenda 4 Boroma fazenda 5 Boroma fazenda 1

ONDE ESTAMOS

Cúria Diocesana - Tete

Rua Pe. Domingos Ferrão, 81
Caixa Postal 218. TETE

Telefone fixo:+ 258 252 22017
e-mail: diocesedetete@gmail.com

Atendimento: de 2ª a 6ª feira, das 8 às 12h.

CONTACTE-NOS