P Sandro

Partida do Padre Sandro Faedi. Um Grande Obrigado da Diocese de Tete

No dia  3 de Abril, o Padre Sandro Faedi deixou a Diocese de Tete e viajou para Itália.

A Diocese de Tete, e a Igreja Católica em Moçambique, muito tem a agradecer-lhe pelos seus mais de 20 anos de vida missionária em Moçambique, nas dioceses de Inhambane e Tete.

Em Tete, o Padre Sandro trabalhou em 3 momentos diferentes: de 2013 a 2015, como ecónomo diocesano e pároco da paróquia de São José de Tete; de 2017 a 2019 como Administrador Apostólico da Diocese; de 2021 a 2024 desempenhaado as tarefas de ecónomo diocesano e pároco-fundador da paróquia de São Daniel Comboni de Chingodzi-Tete.

Com muita dedicação e competência deu um importante contributo para o crescimento e consolidação da Diocese de Tete. Amou e serviu a Diocese sem olhar a esforços, procurando sobretudo  o seu bem e progresso.

Entre as suas acções e obras pastorais, destacamos a seguintes: reorganizou a Paróquia de São José de Tete num momento delicado da sua história, fez crescer a Comunidade de Canongola e edificou a elegante igreja de São Carlos Lwanga, conseguiu do Governo a devolução da igreja paroquial de São Paulo de Tete e restaurou a paróquia; obteve a devolução do antigo lar dos Estudantes e aí instalou a Escola Secundária São Tiago Maior e a Radio Diocesana. A sua última grande obra foi acompanhar o  nascimento e a consolidação da Paróquia de São Daniel Comboni e a construção da sua magnifica igreja paroquial, recentemente consagrada e inaugurada.

Os seus paroquianos despediram-se dele no passado Domingo de Páscoa entre lágrimas, louvores e agradecimentos. Partiu com a consolação da missão cumprida e de ver os frutos do seu trabalho. 

Só nos resta agradecer por tudo o que ele fez e pelo amor que tem pela Diocese de Tete.

As portas da Diocese de Tete estão sempre abertas para um novo regresso.

Obrigado-Tatenda-Zikomo-Takhuta


Imprimir   Email